quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Espetáculo de Natal


 Prezados familiares!

Numa noite estrelada
Dessas de luz muito rara
Uma menina brincava
Como nunca antes brincara
O clima era especial
Era noite de Natal”...






Essa história e algumas canções Natalinas serão apresentadas pelos nossos alunos no dia 11/12, aqui na escola, às 18h45min. Venham apreciar esse lindo Espetáculo de Natal. Nossos alunos e professores se dedicaram muito para deixar esse momento muito encantador. Na noite do espetáculo os ALUNOS devem vir trajados com uma camiseta branca e um gorro de natal na cabeça.

INGRESSO: um material escolar para confecção de kits para doação.

VENHAM CELEBRAR CONOSCO!

ABRAÇOS FRATERNOS, Equipe 25 de Julho.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

OBMEP 2017


Foi divulgado no dia 23 de novembro o resultado da OBMEP 2017.
Parabenizamos todos participantes da Olimpíada e principalmente os alunos da nossa Escola que foram destaques a nível estadual:


Medalha de Bronze:
Nícolas Mateus Spaniol - 7º anoB

Menção Honrosa:
 Karen Eduarda Lopes - 6º ano B
Cayena Sofia Feiten Graeff - 7º ano A
Milena Luiza Dillenburg Graeff - 7º ano A

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Premiação da OBMEP

Diante de um lotado Theatro Municipal do Rio de Janeiro, 501 estudantes receberam nesta terça-feira, 14 de novembro, medalhas de ouro pela participação na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2016).

Nossa Escola participou da cerimônia, representando o nosso querido e inesquecível aluno Jean Carlo Ternus, ganhador da medalha de ouro no ano passado. Na cerimônia, Jean Carlo foi homenageado pela OBMEP. Lembrou- se de como Jean era carismático, amigo, participativo e além de tudo um Líder. Envolvido com as questões estudantis, participava  do Grêmio e também da Coopera 25 ( Cooperativa Escolar). Na ocasião sua mãe, a Senhora Claudete Ternus recebeu a medalha de ouro. Foi um momento muito importante e significativo.

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Fotografia com espelho

Diante dos estudos sobre autorretrato, os alunos do 9º Ano B fizeram desenhos de si, observando-se em espelhos. Durante essa atividade, experimentaram verem-se uns aos outros, através dos reflexos. Partindo dessa vivência, foi lançado aos alunos o desafio de fotografarem-se a partir do reflexo de seu rosto do espelho, explorando diferente ângulos.
Professora Cecília Luiza Etzberger.

25 Anos da nossa escola











Estudos sobre imigração - 4º Ano A e B

Ao falarmos sobre a imigração nas aulas de Arte, iniciamos apreciando a reprodução da obra “Navio de emigrantes”, de Lasar Segall. Os alunos olharam atentamente e citaram que havia muitas pessoas nesse barco e que passava a sensação de estarem cansados. Com um olhar mais atento, com um investimento de tempo, comentaram que algumas pessoas pareciam estar tristes e doentes. Conversamos sobre o andar de barco e alguns alunos relataram que já haviam andado. Relembrando essa experiência, trouxeram para a turma a lembrança de uma momento alegre e divertido. Comparamos então com a imagem trazida pelo artista. Por que será que aquelas pessoas não estavam transmitindo a sensação de felicidade, alegria?

Nesse momento, os alunos estabeleceram relações com as aulas das professoras titulares, quando compreenderam que muitas daquelas pessoas estavam passando por um momento de dificuldade em suas vidas e que a viagem de barco não era uma atividade turística, mas uma completa mudança de rumo na vida.

Conversamos sobre o que aquelas pessoas estariam levando consigo para esse reinício de vida. Muitas foram as hipóteses e, diante dessas possibilidades, foi proposta a atividade “Mala de viagem”. Nessa atividade, cada aluno teria que ser imaginar um imigrante que levava consigo uma mala. Porém, nessa mala só poderia haver cinco itens. Que desafio foi perceber o que é realmente fundamental para a viver. Realizamos desenhos desses elementos e uma mala de papel. Posteriormente, casa aluno trouxe esses objetos para a aula e os apresentou à turma. Nesse momento, foi possível perceber as preferências e os estilos de vida de cada aluno presentes nas escolhas dos objetos.

Após, realizamos uma atividade de fotografia com uma mala antiga. Conversamos em sala sobre o quão difícil deve ser essa despedida e optamos por simular esse último estar em sua terra natal. Cada aluno escolheu um lugar da escola para ser fotografado junto da mala antiga, que simula a mala da viagem. Na aula seguinte de informática, essas fotografias foram manipuladas digitalmente a fim de conferirem uma visualidade que lembra fotografias antigas e uniram essas imagem a uma carta que escreveram imaginando que estavam fazendo uma viagem, dessa vez de trem.


Ler mais publicações no Calaméo

Professoras:
Cecília Luiza Etzberger
Joceline Mausolff Grübel
Maria Anelise Schneider
Maria Luisa Prediger

terça-feira, 7 de novembro de 2017